Vamos conversar!? Envie-nos uma mensagem de interesse.
19.03.21

Dicas para um bom desempenho nas aulas remotas

A pandemia da COVID-19 mudou nossa rotina e passamos a ter novos hábitos, novas preocupações e aprendemos a valorizar, ainda mais, os momentos que passamos juntos com aqueles que amamos. Tivemos que nos reinventar e o dia a dia com os colegas e os professores foi substituído pelo modelo virtual através da tela de um computador ou de um smartphone.
Iniciamos o ano letivo de 2021 com a implantação do modelo híbrido de ensino, com escalonamento dos alunos, parte presencial e parte remoto, e aulas simultâneas.
De acordo com a minha experiência e observações durante este período, compartilho algumas sugestões de como estudar de forma adequada, adaptada a essa “nova” realidade.
Em primeiro lugar, é importante organizar uma rotina e cumpri-la com responsabilidade. Recomenda-se que o estudante esteja preparado para assistir às aulas remotas. Por exemplo, se for pela manhã é importante acordar cedo, como se tivesse que ir à escola, se alimentar normalmente, estar com os materiais das aulas do dia organizados e assim, apto para assimilar os conteúdos que serão estudados. Embora não exista um processo único e definitivo que dê bons resultados para todos, alguns procedimentos são promissores. Sugiro aos estudantes:

• Procure um local tranquilo para assistir às aulas, livre de ruídos e de movimentação de pessoas; essas condições favorecem sua concentração;
• Tenha postura para estudar; sente-se adequadamente em frente a uma mesa com o computador ou o smartphone conectados à aula;
• Evite estudar deitado, pois o sono vem e o trabalho se perde;
• Quando possível, habilitar a sua câmera para que o professor possa ter contato visual com você;
• Durante a aula prestar o máximo de atenção possível, pergunte ao professor sempre que tiver alguma dúvida; é nessa etapa que entendemos o conteúdo.
• Faça anotações da aula diariamente; utilize marca texto, blocos de notas etc.;
• Não estude pensando em conversar com os amigos, seja por telefone, pelas redes sociais ou por WhatsApp;
• Utilize os recursos digitais disponíveis em nosso material de ensino: RA (realidade aumentada), vídeo aulas, exercícios complementares (AVA SAE), etc.;
• Faça as tarefas de casa; lembre-se que a aprendizagem se torna significativa quando se tem a prática e a tarefa de casa é o momento de treinamento, pois é nessa fase que aparecem as dúvidas: anote-as e pergunte ao professor na aula seguinte;
• Corrija as tarefas de casa; faça as correções de suas tarefas de casa com muita atenção, perceba a etapa em que ocorreu o erro e sempre que tiver alguma dúvida, pergunte ao professor;
• Lembre-se: estudar não é apenas apreciar o caderno ou a apostila, é também praticar;
• Faça revisões de conteúdos periodicamente;
• Caso sinta necessidade, reveja as aulas gravadas e faça novas anotações;
• Tenha o hábito de fazer reescritas de exercícios: aprendemos com a prática, portanto, reescrever exercícios nos possibilita analisar o que fixamos ou o que ainda temos que avançar;
• Estabeleça horários para equilibrar as atividades estudantis e as de lazer;
• Não desista: o que parece difícil hoje, tende a se tornar fácil em outros momentos, à medida em que vamos superando os desafios, ultrapassando os obstáculos, eles nos motivam para novas descobertas;
• Bons resultados podem ser conseguidos com uma pequena dose de inspiração, outros de transpiração, trabalho e, sobretudo, perseverança: jamais desista.

O aprendizado remoto é possível tanto quanto o presencial. É necessário envolvimento e esforço do estudante em ambos os modelos. A família pode auxiliar nesse processo, acompanhando e orientando os educandos, atuando em parceria com a escola para um bem comum: o bem-estar e a aprendizagem de nossas crianças e jovens. Sabemos que não existe um processo único e definitivo que dê bons resultados para todos, cada um tem a sua própria maneira e tempo de aprender. Respeitando as particularidades de cada pessoa, acredito que uma rotina de estudos com empenho e dedicação unida ao interesse, fornecerão condições reais de aprendizagem em qualquer disciplina. O importante é não desistir, é confiar na capacidade de superação do indivíduo e compreender que o aprender é para a vida toda. Dificuldades podem aparecer, mas superá-las nos tornam cada vez mais fortes. Bom ano letivo a todos e conte comigo sempre!

Professor Daniel C. de Lima/Matemática

Seja Bem-Vindo!Faça a melhor escolha para a vida acadêmica de seu filho. Preencha os dados abaixo e receba gratuitamente nosso Ebook.